Blog

ARQUITETURA BIOCLIMÁTICA, INTEGRAR HOMEM E MEIO AMBIENTE PARA UM FUTURO SUSTENTÁVEL

ARQUITETURA BIOCLIMÁTICA, INTEGRAR HOMEM E MEIO AMBIENTE PARA UM FUTURO SUSTENTÁVEL

Você já ouviu falar em Arquitetura Bioclimática? Mesmo sendo um tema super atual, os primeiros estudos sobre a combinação entre a arquitetura e o meio ambiente surgiram ainda na década de 1960, com os irmãos Victor e Aladar Olgyay, os primeiros a descrever o relacionamento dos fatores climáticos com a arquitetura comum. Para eles, alguns conhecimentos de outras disciplinas também deveriam ser levados em conta em projetos arquitetônicos, entre eles a meteorologia, a biologia, a topologia, a climatologia e a física. O objetivo das pesquisas era apresentar maneiras de criar projetos mais harmônicos e adequados à natureza, a fim de que a construção fosse integrada ao clima e aos processos energéticos.

Por mais que pareça algo novo na arquitetura, esse conceito é utilizado desde a antiguidade, como a orientação solar nas cidades romanas, nas casas caiadas no Sul de Portugal e nos interiores dos pátios de origem árabe, por exemplo.

A arquitetura bioclimática consiste em considerar nos edifícios não só os processos construtivos, mas também as condições climáticas e a utilização dos recursos da natureza, como sol, vegetação, chuva e vento, para minimizar os impactos ambientais e reduzir o consumo de energia. O conceito principal consiste em agregar esses elementos às construções para garantir mais conforto para as pessoas com menos danos ao meio ambiente.

Para que um projeto esteja alinhado aos conceitos da arquitetura bioclimática, é preciso, antes de tudo, que esteja adaptado ao local da construção, combinando as características internas com os elementos externos, sendo, obrigatoriamente, saudável para as pessoas. Outro fator importante é a capacidade de utilizar o que a natureza oferece para reduzir o consumo de energias não renováveis ou poluentes. Existe, também, a preferência na utilização de ferramentas e materiais que possam ser reutilizados ou reciclados, optando por aqueles que não agridam o meio ambiente. A redução significativa da geração de lixo e o desperdício dos materiais de obra também deve ser priorizado.  Veja onde podemos ver a ação da arquitetura bioclimática:

Posição solar: conhecer os horários do nascer e pôr do sol, direção, inclinação e variação dos raios solares ao longo do ano garante que o projeto tenha iluminação e aquecimento natural no interior dos apartamentos. A utilização de painéis solares também contribui para a redução de gastos com energias não renováveis.

Circulação dos ventos: substituir o ar interno mais quente pelo ar de fora garantido um resfriamento natural dos ambientes. Isso é possível através do estudo e conhecimento das massas de ar, suas movimentações e intensidade.

Isolamento: utilizar materiais que proporcionem conforto térmico, para garantir espaços quentes no inverno e mais frescos no verão. Materiais de origem natural ou reciclados devem ser utilizados, como fibras de papel, lã de PET, lã de vidro, entre outros.

Vidros: vidros duplos aumentam o conforto térmico e acústico. Quanto mais transparente o vidro, mais calor entrará no ambiente.

Aberturas: se a iluminação solar esquentar demais o ambiente interno, o controle da luminosidade e temperatura pode ser feito através do uso de marquises, beirais, todos e brises, por exemplo.

Sombreamento: o plantio de árvores de grande porte próximo à construção garante sombra e diminui a temperatura nas proximidades. Em climas temperados, como o da nossa região, árvores garantem sombra no verão e deixam os raios do sol passarem no inverno, já que existe uma perda natural das folhas.

Materiais: utilizar materiais que causem menos danos ao meio ambiente. Vidros de proteção solar, painéis fotovoltaicos, reutilização da água das chuvas, tintas ecológicas, telhados verdes, lâmpadas mais duráveis, sensores de presença, entre outros, garantem ao projeto uma construção mais sustentável.

Como podemos ver, a arquitetura bioclimática veio para integrar homem e natureza, proporcionando uma harmonia entre o bruto e o vivo. Na UNA Construtora, esse conceito está presente em cada obra, com práticas responsáveis e sustentáveis, levando aos clientes e a toda a comunidade um espaço mais bonito, preocupado com os impactos e influências no futuro.

Captcha obrigatório
Preencha corretamente os campos
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Preencha corretamente os campos
Receba nossa News

Fique por dentro das novidades da UNA

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Prosseguir
Open chat